Soluções em Envelopes Plásticos

Indicadores de rentabilidade no e-commerce

Indicadores de rentabilidade no e-commerce

É muito comum entre os empreendedores do comércio virtual a preocupação com as vendas e a lucratividade. Contudo, a rentabilidade da empresa também é um fator essencial para a sobrevivência do negócio. Por isso, os indicadores de rentabilidade são tão importantes para e-commerce e lojas virtuais.

A partir da análise destes indicadores é possível medir resultados e estudar a eficiência dos processos do empreendimento, buscando novas estratégias de melhoria e crescimento.

Se você deseja saber mais sobre os indicadores de rentabilidade e conhecer quais deles são os melhores para o seu e-commerce, confira o artigo de hoje!

Os indicadores de rentabilidade

Os indicadores de rentabilidade são métricas que apontam aos gestores se o planejamento feito está ou não funcionando e gerando retornos para a empresa.

Através da análise dos indicadores é possível constatar o desempenho do e-commerce, sua eficiência operacional, se a empresa é capaz de se manter, dentre outros aspectos.

Com a utilização dos indicadores de rentabilidade os gestores podem prever com maior precisão o volume de vendas dos próximos meses e desenvolver estratégias mais alinhadas às necessidades da empresa, como o aumento nos lucros, a redução de gastos e até mesmo a expansão de setores ou operações.

Estas métricas, portanto, ampliam a visão sobre o negócio e facilitam a tomada de decisões de acordo com a realidade do mercado.

Rentabilidade x lucratividade: qual a diferença?

Agora que já explicamos o que são os indicadores de rentabilidade, é importante diferenciar dois termos que podem confundir os empreendedores durante a gestão financeira de seus negócios: a rentabilidade e a lucratividade.

  • Rentabilidade

A rentabilidade é mais focada no retorno obtido com os investimentos realizados. Ou seja, ela apresenta os resultados das ações, indicando o que funciona para a empresa e o que precisa ser readequado para evitar a perda de dinheiro. Lucratividade

  • Lucratividade

Já a lucratividade diz respeito aos ganhos da empresa, ou o quanto ela lucrou ao final de um certo período.

Analisar a lucratividade do negócio significa identificar se o seu e-commerce é capaz de cobrir todos os gastos e despesas de determinado período (semanas, meses, semestres ou anos), e ainda assim obter uma porcentagem de lucro.

A lucratividade é importante para a gestão financeira, pois a partir dela pode-se verificar se o negócio é viável e pode continuar com suas atividades.

Mas atenção: possuir altas taxas de rentabilidade e pouca lucratividade pode inviabilizar o negócio a longo prazo. Afinal, esta situação significa que a empresa está obtendo retorno sobre os investimentos, porém não o bastante para gerar lucros e ganhos financeiros.

Os principais indicadores de rentabilidade

Como você conferiu, os indicadores de rentabilidade são essenciais para proporcionar uma gestão financeira mais saudável para o e-commerce ou loja virtual.

Confira os principais indicadores para você analisar no seu negócio e garantir um crescimento mais seguro e rentável:

1 – CAC

O Custo de Aquisição de Clientes, também chamado de CAC, é um importante indicador de rentabilidade no e-commerce, pois ele aponta o quanto foi necessário investir financeiramente para conseguir cada consumidor da loja.

Basicamente, o CAC representa o valor gasto pela empresa durante todo o processo de encantamento dos clientes, desde a atração de leads e nutrição até a concretização da venda.

O cálculo do CAC é simples, basta dividir o total de investimentos feitos para a aquisição dos clientes pelo número de consumidores conquistados em determinado período de tempo.

Ao analisar o CAC da empresa, os gestores podem visualizar quais ações de atração estão trazendo resultados e aumentando o número de clientes da loja.

2 – Taxa de Churn

Também conhecida como Churn Rate, a Taxa de Churn é um indicador que aponta o número de consumidores que abandonaram a sua loja. Ou seja, quantas pessoas já compraram com você, mas por algum motivo não retornaram mais.

Apesar de não ser uma métrica muito agradável de analisar, a rotatividade de clientes é fundamental para mensurar os efeitos das estratégias realizadas até o momento e identificar o que pode estar dando errado.

Para chegar à taxa de churn é preciso dividir o número de clientes que abandonaram a loja pela quantidade de consumidores no início do período estipulado. O número obtido neste cálculo deve ser multiplicado por 100.

3 – LTV

O LTV, ou Lifetime Value, é um indicador de rentabilidade que aponta o valor do cliente para a sua empresa.

A partir do cálculo do LTV o gestor pode identificar o quanto o consumidor gastou em produtos durante o período em que foi cliente da loja.

Para calcular o LTV é necessário primeiro multiplicar o ticket médio do consumidor pela média de compras que ele realizou na sua loja a cada ano, e depois multiplicar esse resultado pelo tempo médio de relacionamento com o cliente.

4 – Payback

Abrir um empreendimento físico ou uma loja online demanda um certo investimento inicial para dar suporte durante os primeiros passos.

Após o início das atividades, o gestor deve estipular um tempo mínimo para recuperar os recursos investidos no negócio.

Dessa forma, o payback, ou retorno, considera o quanto foi investido e o ramo do negócio para identificar quando o e-commerce irá, de fato, apresentar lucros para a quitação do valor investido no início do projeto.

O cálculo do payback é feito através da divisão do investimento inicial pela média do resultado do fluxo de caixa da empresa.

O acompanhamento dos indicadores

Como você conferiu, acompanhar os indicadores de rentabilidade no seu e-commerce é fundamental para garantir os melhores retornos para o negócio, manter a competitividade em um mercado cada vez mais acirrado e evitar o desperdício de investimentos.

A partir destas métricas, a gestão amplia sua visão sobre a saúde financeira da empresa, sendo capaz de elaborar estratégias mais eficientes, otimizar o planejamento, preparar o e-commerce para o futuro e direcionar investimentos para as áreas de maior necessidade.

Dessa forma, acompanhar os indicadores de rentabilidade no e-commerce representa uma estratégia essencial para manter o crescimento da sua loja virtual frente a um cenário de alta competitividade como o comércio eletrônico.

Gostou das dicas de hoje e quer continuar por dentro dos assuntos mais relevantes para a gestão do seu negócio na internet?

Então continue acompanhando as postagens do blog da Veloplastic.

Em nossos artigos você vai encontrar mais dicas sobre e-commerce, comércio eletrônico, logística, relacionamento com clientes e muito mais!

Acesse nosso blog e não perca os próximos conteúdos elaborados pela Veloplastic para o seu negócio crescer ainda mais.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *