Soluções em Envelopes Plásticos

Social Commerce: saiba como investir nessa estratégia!

Social Commerce: saiba como investir nessa estratégia!

As redes sociais podem ser a vitrine que sua empresa precisa para vender mais e melhorar o relacionamento com os clientes. Quem afirma essa tendência é o sucesso do Social Commerce.

Além de conectar pessoas, a produção de conteúdo nas plataformas digitais têm ganhado a confiança e a preferência dos consumidores.

Uma pesquisa realizada pelas empresas All in e Social Miner com parceria da Opinion Box e Etus, mostrou que, antes mesmo da pandemia limitar o acesso nos canais de vendas tradicionais, 86% dos entrevistados já faziam compras online.

Além disso, 76% dos entrevistados confirmaram que pesquisam os produtos pelas redes sociais antes de efetuar a compra.

Esse é o impacto do Social Commerce, o assunto do momento que você precisa colocar em prática. Vamos te explicar os motivos. Confira!

Primeiro, entenda o que é Social Commerce

De forma prática, Social Commerce é a integração da loja virtual às mídias sociais. Ao invés de direcionar o consumidor para outra plataforma, o processo de venda fica concentrado na rede social.

Porém, a estratégia vai além da compra e venda online. É por meio do Social Commerce que as pessoas podem encontrar referências de qualidade do produto, classificação do atendimento, entre outros.

Ao integrar a loja virtual à mídias sociais, o conteúdo oferecido é aberto para que o consumidor emita sua opinião, seja negativa ou positiva, além de ser um porta voz da marca, podendo dar visibilidade para as empresas.

  • Diferenciais

Reputação, credibilidade, qualidade. Essas são algumas características fundamentais para conquistar mais do que consumidores pontuais, mas clientes fidelizados.

No Social Commerce, a construção da imagem de marca acontece na coerência entre discurso e prática. Um exemplo é investir no relacionamento ao expor a rotina de uma loja no backstage, interagir de forma humanizada e ter capricho em todo o processo de compra.

Dessa forma, a divulgação dos produtos ou serviços será gratuita e orgânica, como uma consequência de toda a estratégia realizada.

O que nos leva ao poder das gerações como influenciadores digitais, principalmente a Geração Z, capaz de estabelecer padrões e ditar tendências, como o live shopping, uma realidade em ascensão na Ásia, que influenciou na concepção do TikTok Shopping, por exemplo.

Por onde começar?

Depois de perceber a importância do Social Commerce, é hora de colocar em prática. Listamos alguns passos que podem ajudar no processo:

  • Alinhe a comunicação

O site e as redes sociais precisam falar a mesma língua, ou seja, ter o mesmo conceito e identidade.

Crie um canal de comunicação nas principais mídias de Social Commerce. Podemos destacar Facebook, Instagram, Pinterest, TikTok e até mesmo canais de comunicação como WhatsApp e Telegram.

Lembre-se: sua empresa não precisa marcar presença em todas as plataformas, mas onde existe demanda de acordo com seu nicho e público-alvo.

Também é essencial, caso ainda não tenha feito, investir em um site responsivo tanto na versão desktop quanto na mobile, com plugins para integração nas mídias sociais.

Isso significa que as pessoas que acessarem o conteúdo do site podem compartilhar nas redes sociais, fazer comentários e avaliações dos produtos.

  • Foque em produtos e serviços de qualidade

Assim como nas vitrines das lojas são destacados os melhores produtos, da mesma forma deve acontecer no Social Commerce.

Saiba quais são seus pontos fortes e fracos. Com isso, ficará mais fácil saber o que expor e melhorar. Inclusive, trará um norte para investir em anúncios dentro das plataformas digitais.

E não esqueça de oferecer informações claras sobre aquilo que é ofertado para ter um bom resultado e uma boa reputação.

  • Invista em ferramentas e parcerias

Existem ferramentas de todo o tipo para potencializar o Social Commerce. Para distinguir quais valem a pena, leve em consideração suas necessidades no dia a dia.

Cada rede social funciona de um jeito, mas questões como edição de imagens, vídeos, gestão de redes sociais e monitoramento são básicas e fazem a diferença no conteúdo entregue.

Outro ponto fundamental é usar o poder do marketing de influência. Parcerias com influenciadores podem melhorar sua audiência, desde que realizada com pessoas com credibilidade.

Porém, não se concentre apenas em grandes contas nas redes sociais. A opinião dos usuários tem um alto poder de convencimento.

Fique de olho nos comentários, posts e reposts. Crie conversas francas, responda dúvidas, não ignore as críticas e ofereça benefícios para clientes fidelizados, eles podem se tornar advogados da sua marca.

  • Não esqueça de monitorar as ações

Por falar nisso, cuidado com a reputação. Monitore o que estão dizendo da sua empresa online, tanto em sites de comparação de preço e avaliação, como na própria aceitação do conteúdo.

É fácil encontrar informações sobre engajamento e alcance das publicações dentro das próprias plataformas. Elas podem indicar possíveis mudanças e os acertos.

  • Busque atualizações e melhorias

Mesmo depois de aplicar as ações anteriores, mantenha-se em constante melhoria. Uma dica essencial é acompanhar as ações dos concorrentes e levar em consideração os feedbacks dos consumidores.

Conheça as tendências do setor, não tenha medo de ser criativo e invista em inovações. Pode ser o diferencial na hora da decisão de compra.

Agora ficou fácil de colocar o Social Commerce! Esteja em evidência nas mídias digitais e experimente os benefícios do comércio online.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *